Luanda - A madrasta do Jovem Lito, autor dos crimes de suicídio e homicídio contra o seu próprio Pai, acabou por falecer na tarde de Terça-feira, 12/05, na sala dos cuidados intensivos, do Hospital Josina Machel, em Luanda, depois de ter sido também alvejada pelo enteado, com 3 tiros, na perna, braço e abdómen.

O facto foi confirmado pelos Familiares da Dona Maria Lopes, como era conhecida, e pela equipa médica, que momentos antes havia informado a Reportagem da TPA, sobre as hipóteses da vítima se recuperar, o que não aconteceu, tendo a mesma sucumbido por volta das 16 Horas.

A sobrevivente, da trágica acção protagonizada pelo Jovem Lito de 28 anos, ainda falou a Reportagem da TPA, um dia depois, quando lutava pela vida, contando como tudo havia acontecido.

“Começou a disparar, ainda fui esquivando mas não deu, ele também atirou contra si e caiu, mesmo lá no meu Quarto. Surpreendeu-nos, porque ele quando veio tirou a Pistola do bolso, e deu dois tiros no peito do pai, porque estava sem camisola, e ele, logo caiu”, contou a vítima, a TPA, momentos antes de morrer.

De notar que, até ao momento não há pronunciamentos palpáveis sobre as reais causas desta tragédia.

Fonte: TPA



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: