Luanda – Nós somos a Fundação 27 de Maio, organização apartidária, não governamental, defende a Vida e os Direito Humanos, representa os mais de 80 mil angolanos mortos pelo regime e seus militantes e companheiros de luta, por terem reivindicado melhores condições de Vida e a implantação do programa maior que visava o bem estar geral do Povo.

Fonte: Club-k.net

Representa ainda os pais, filhos e familiares das vítimas assim como os sobreviventes do holocausto, pôs 27 de Maio de 1977. A Fundação 27 de Maio luta ainda para construção de uma CAMPA MEMORIAL que simbolize o desaparecimento físico dos mesmos; este desiderato nunca foi obtido, e o silêncio é a arma que o poder usa.

Pretendemos contribuir de forma pacífica e harmoniosa para um País livre da opressão e repressão, onde cada Cidadão aceite o outro na diversidade de opinião e pensamento, por forma a alcançarmos a reconciliação nacional, banir o medo, o ódio e o recalcamento que ainda paira nas mentes dos Angolanos, este desiderato é só possível com a mudança.

TODOS PARA O REGISTO ELEITORAL:

Registe-se já e agora;

Sem registo, não poderás votar;

Votar é escolher o BOM E O MAU;

Escolher o MAU, é votar nos 42 anos: de fome, pobreza/miséria, na falta de água, energia eléctrica, saneamento básico emprego e habitação condigna, saúde e educação de qualidade, manter algumas crianças a estudarem debaixo das árvores em pleno século XXI, percorrendo enormes distância;

Os maus partem as nossas casas, destroem as nossa lavras com produtos para a nossa sobrevivência,recebem as nossas terras deixadas pelos nossos antepassados e vendem aos estrangeiros, traindo os nossos Heróis da luta pela Independência do País;

Os MAUS  prometeram: 1.000.000 de casas, 20 casas por dia para os deslocados no zango mas continuam nas casas de chapa até hoje, 1.000.000 de empregos, nova Vida, o futuro começa agora, água para todos, produzir e distribuir melhor diversificação da economia,enfim, uma gama de promessas nunca cumpridas;

Votar é experimentar outros que nunca governaram e têm projectos bons para o futuro dos Angolanos, e se não cumprirem depois dos 5 anos saem e entram outros, assim sucessivamente;

Votar  para a mudança,é negar os 42 anos de mentiras, hipócresia, demagogia, opressão, repressão intolerância política, ditadura e tirania; Votar é defender a tua própria vida os direitos humanos que são violados permanentemente.

PARA OS ANTIGOS COMBATENTES E EX-MILITARES

Tu que lutaste pela Independência contra o jugo colonial português, te pagam  míseros de 21.000,00 (Vinte e um mil kwanzas) fruto de 14 anos de fome, nudez, doenças, chuvas e muitos morreram;

Tu que lutaste pela afirmação da Independência e pela democracia durante 30 anos, negaram-te a pensão de reforma e vives sabe Deus;

Não importa de que lado esteve a lutar, todos temos os mesmo direitos constitucionalmente consagrados.

MILITARES E POLÍCIAS NO ACTIVO:

Vocês são apartidários, por isso, são republicanos, defendem a soberania e a integridade territorial, assim diz a nossa Constituição da República e a Lei;

Não se deixem intimidar e enganar, porque qualquer partido que vem a ganhar as eleições tem como obrigação e dever de manter os vossos direitos, privilégios e dignidade como garante da estabilidade e segurança territorial.

RELIGIOSOS: CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS

Tocoistas, abram o olho, o vosso líder ostenta luxo em viaturas e casas, frutos dos vossos votos de 2012, não aceitem mais votarem dentro da igreja com portas fechadas porque o voto é livre e secreto;

Vejam o que ele disse: “se o MPLA deixar o poder, vocês vão sofrer e o País voltará em guerra” - consultem o jornal Nova Gazeta de dia 15 de Setembro de 2016;

Ele traiu os princípios do Papá Simão Toco e os princípios da Igreja;

AOS FIÉIS DAS 800 CEITAS LIDERADAS POR ANTUNES HUAMBO

Este homem não tem ética e nem deontologia teológica, quando diz: “a cor vermelha da bandeira do MPLA representa o sangue derramado por Jesus Cristo e o José Eduardo dos Santos é o Messias enviado por Deus para governar Angola”. Foi agraciado com o cargo de administrador que a maioria dos angolanos residentes em Luanda não conhece porque a televisão não apresenta devido do seu luxo;

Queremos lembrar aos religiosos que no dia 21 de Maio de 1977, o regime disse que daqui ha 50 não haveria de existir mais Igrejas em Angola. Na mesma data disseram, para ser-se militante, simpatizante ou amigo, passava-se por um crivo e hoje andam até atrás dos dementes (malucos); Todos aqueles que tivessem sido da FNLA, UNITA ou poligamos nem para simpatizantes e amigos serviam; 

AOS JOVENS: O futuro só vos pertencerá se abrirem olho e votarem massivamente para a mudança, porque gatuno é gatuno, ladrão é ladrão, corrupto é corrupto, o que muda é só a linguagem mentindo;

Cuidado com a propaganda enganosa da JMPLA, posta nas camisolas que diz: JMPLA com a juventude é a ESPERANÇA DE UM FUTURO MELHOR.

VAMOS CONTROLAR O NOSSO VOTO, esperar a contagem dos votos, não tenham medo da polícia presente, porque a sua missão é manter a ordem e a integridade no local.

O MEDO É, igual a miséria, a pobreza e a desgraça que nos corrói todos os dias.

O MPLA COM O POVO NA MISÉRIA RUMO A DERROTA DEFINITIVA

SÓ JUNTOS PODEMOS, E A MUDANÇA ESTÁ À VISTA.

Luanda aos 15 de Fevereiro de 2017

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: