Brasil - O embaixador do Brasil em Angola, Afonso Cardoso, admitiu que os vistos atribuídos às 21 mulheres angolanas impedidas, esta semana, de entrar em território brasileiro eram legais.

Sem apontar a razão para o impedimento de entrada das cidadãs angolanas no Brasil munidas de vistos legais, o diplomata brasileiro adiantou à imprensa angolana que aguarda explicações das autoridades do seu país para o sucedido.

Este episódio está a gerar alguma polémica em Angola, tendo mesmo levado um grupo de familiares destas mulheres a dirigir-se, no início da semana, à
embaixada brasileira em Luanda para protestar.


Fonte: Lusa



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: