Tchizé dos Santos, nega a existência de qualquer tráfico de influência junto do ministro da comunicação social Manuel Rabelais para a sua indicação à comissão de reestruturação;

Tchizé afirma que a sua qualificação profissional e o sucesso dos projectos por si encabeçados mereceram a confiança do ministro Rabelais que solicitou os seus préstimos.

A sua empresa Westside Investiment que subcontratou a Semba Comunicação do seu irmão Ze Du dos Santos, gere os conteúdos do canal 2 da televisão pública e do seu canal internacional.

Para Welwitshia dos Santos este facto não fere o seu papel de deputada a assembleia nacional e comenta ainda as  declarações da  secretário do sindicato nacional de jornalistas Luísa Rogério e diz que não e oportunismo.

Em reacção ao despacho do ministro da comunicação social Manuel Rabelais a quando da criação das comissões de reestruturação da TPA e Rádio Nacional de Angola, a secretária do SJA afirma ser incompatível com as funções de deputada, integrar uma comissão com carácter executiva de um organismo do estado.

Tchizé dos Santos afirma que não existe qualquer incompatibilidade com as suas funções de deputada, estado integrada na comissão de reestruturação da Televisão Pública de Angola, por estar a prestar apenas um serviço enquanto técnico da área. 

Tema relacionado:

Rabelais nomeia nova direcção na TPA

Entrada de Tchizé dos Santos inquieta quadros da TPA

Fonte: Radio Ecclesia



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: