ImageBerlim -   Creio que neste país não há nada mais contraditório do que a política.Não estou a falar da arte ou da ciência chamada política que forcosamente está sempre presente em nossa vida em todo tempo. Falo sim, da política partidária também conhecida como politicagem ou arte de enganar as pessoas e sempre levar vantagem em tudo e ganhar muito dinheiro.

Exatamente,aquilo que tem feito este governo do Mpla e os tantos ladrôes que têm feito da política,sua fonte de rendimento.Todo cidadâo consciênte sabe disto,mas nada ou pouco pode fazer para evitar essa sangria aos cofres públicos que assistimos diariamente.Hoje a política virou um negócio altamente rentável e é o sonho de muita gente.

O falecido Teta-Lando,numa das suas últimas melodias deixou bem patente essa realidade,quando dizia:- ( Ser político é o que estava a dar.)-- Coitado lá se foi ,e nem sei se Déus o chamou por dizer verdade ou se o diabo é que o castigou. Descanse em paz " Teta Lando ".

É mesmo verdade,a política na nossa terra,transformou-se numa arte de se ganhar muito dinheiro e ainda ter mordomias,poder quase absoluto,ser alvo da imprensa,dos holofotes e de toda sorte de assédio." Perguntem ao Nandó ? -- Filho do nosso antigo e respeitado alfaiate velho Piedade ! Quem diria ? --- O cidadâo comum assiste a esse desparate e fica sem entender nada. Aonde o político chega,as portas se abrem,a mesa já está posta,o cafezinho,água gelada,whisky,a mala dos cumbús já estâo á disposicâo e os reporteres ficam só aguardando o momento das fotos coloridas ou iniciar a entrevista extremamente concorrida. Mas quem é esta figura tâo importante e tâo imponente que acabou de chegar? É a Sua Majestade,o Dr. Xy,fulano de tal que veio falar daquele emprendimento ou daquela obra que deverá ser realizada.

 Ele veio dar uma notícia em primeira mão; acabou de chegar da capital,Luanda  onde esteve com o "querido presidente" ( El mágico ).Daí toda essa concorrência.Parece que a cidade toda nâo fala em outra coisa,só fala mesmo do ladrâo que chegou.É a forca da política que traz expetativas,sonhos e geralmente muitas decepcôes. Este é o lado colorido da política.Muita gente disputa um pequeno espaco para ouvir o discurso e depois aplaudir ruidosamente até com gritos e ás vezes com muita emocâo. Mas tem o outro lado sobre o qual gostaria de me ater um pouco mais,pois é mais real e muito comum nos dias de hoje em Angola.

Esse é mesmo o lado forte ,e todo ele criminoso.Quem nâo estiver de acordo que me contate. É o lado das falcatruas, das negociatas,do toma lá-dá-cá e das frases desencontradas.O mundo  do faz de conta muitas vezes vivido atrás de grossas cortinas com ar condicionado e muito luxo,beleza e sofisticacâo. ( Perguntem a Ana Paula )-- Sobrinha do grande amigo ex-consofredor das masmorras da Disa) " Ambrósio Lemos" C.G.da policia nacional. Lá o cidadâo comum jamais entra e,na verdade,nem passa perto,pois a seguranca é total.Agora nâo me venha cá dizer,que é mentira. Sinceramente eu já por lá passei em servico,deu para ver e conhecer melhor o mundo dos afortunados e as loucuras diábolicas.

Ali são tramados negôcios altos e sujos envolvendo bilhôes de dólares com interesses dos mais diversos e estranhos.Todos querem levar a maior parte,a melhor fatia do bolo em detrimento da sociedade,do cidadâo e do país.Há aquelas reuniôes feitas na calada da noite,longe do barulho,nas quintas,mansôes,ou mesmo no alto mar com a presenca única das ondas.Sem a presença dos Willians Tonet,Graça Campos,José Gama ou Filomeno V Lopes e bem longe dos olhares desconfiados do cidadão.

Este é o lado mais nojento da política onde milhôes são repartidos em troca de algum favor,de alguma concessão. E no final,geralmente,todos saem satidfeitos. Desde muito cedo que conheco e ouco falar deste jogo de interesses,das denúncias,amaecas,mortes,golpes,perseguicôes e retaliacôes.Porque finalmente,também um dia fui militante,militar e sempre atento ao jogo nojento de alguns políticos,que bem me conhecem e acreditam na verdade deste texto.

O mais incrível é que nunca vi nenhum político ser punido,no máximo renunciou ou foi cassado,mas depois voltou e garalmente mais forte.Temos vários exemplos concretos.Vou citar apenas dois.Dumilde Chagas Rangel, só se tornou forte depois, de ter mandado liquidar, algumas pessoas  até mesmo muito dos seus melhores amigos. Kassoma, no dizer de alguns,sabe muito sobre as mortes de Valentim Amoes e de outros tantos de que ninguém tem coragem de mencionar seus nomes, se não apenas quando estâo bebados,nos combas, caldos de domingo,ou nos chamados almocos de confraternização.

Eu até poderia citar dezenas de casos que conheco e se passaram diante de nossos olhos,foram denúnciados,alguns renunciaram os cargos,enquanto outros foram apanhados com ás mãos na botija,mas todos hoje se dâo bem, e estâo abrigados debaixo das mesmas longas e acolhedoras asas da política,que nunca desampara os seus filhos.Só para lembrar,desde 1979 até hoje já aconteceu de tudo;desde dólares nas cuecas,malas de dinheiro correndo por essa europa fora,compra de casas,venda de diamantes,processos comprados,telefones trocados,atualizacôes de cadernetas de contas no estrangeiro,filhos do fulano processado,sobrinhos protegendo negôcios do tio,casamentos,compra e venda de influências,etc.

Todo mundo continua aí na política ganhando muito dinheiro,enquanto o cidadâo está perflexo,literalmente chupando o dedo e engolindo a saliva.A final, a política é isso ; É a arte de enganar e cada vez ganhar mais dinheiro e ser mais fortalecido enquanto o país está cada vez mais miserável. Kambas,quem nâo concorda comigo contata-me e dá a sua definicâo sobre tudo isto que acabo de deixar aqui patente.     Um grande abraco aos meus fiéis leitores e criticos. 

 Berlin aos 11 /6/2009       Fernando Vumby
Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: