Image

Londres - A Human Rights Watch esta em vias de apresentar publicamente,  um relatório de 32 paginas contendo recomendações ao Presidente José Eduardo dos Santos  e ao Governo de Angola aconselhando a disciplinarem os agentes dos serviços de segurança tendo como foco do produto dos mesmos casos de  torturas em Cabinda.  O Documento é baseado em recentes  entrevistas com 20 reclusos na prisão do Yabi, no enclave, assim como em documentos de processos judiciais e fotos a serem apresentadas. 

O Caso do preso de consciencia José Lelo,condenado a 12 anos de cadeia, sera também debatido no documento. (Organizações acreditam que Lelo foi alvo de prisão e condenação principalmente como resultado de opiniões que expressou como jornalista da VOA até Dezembro de 2006, que foram vistas como críticas ao governo de Angola e ao Memorando de Entendimento de 2006). 

O relatório preve também aconselhar o estadista angolano a retificar  a Convenção contra a Tortura e Outros Tratamentos ou Penas Cruéis, Desumanos ou Degradantes.

Tema relacionado:

Nova “acção operativa” do Sinfo

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: