Luanda - A Comissão Eleitoral Provincial (CEP) do Namibe encerrou o processo eleitoral com validação de resultados provisórios divulgados pela Comissão Nacional de Eleições (CNE).

*Armando Chicoca
Fonte: VOA

O acto de divulgação em definitivo dos resultados da votação das eleições de 23 de Agostodecorreu namanhã desta terça-feira, 29, em Namibe, sob presidência do presidente da CPE, Manuel Marques Jerónimo de Araújo.

 

Em função deste resultado, o MPLA deverá terno próximo mandato quatro deputados, Rui Falcão, Cristina Elias, João Guerra e Carlos da Rocha “Caito”, e a CASA-CE , um parlamentar, Sampaio Manuel Mucanda.

 

Horas antes da divulgação dos resultados eleitorais na província do Namibe, cinco comissários provinciais eleitorais demarcaram-se do acto, alegando não haver transparência no escrutino.

 

A comissária Luzia Arcanjo, porta-voz da CEP esclareceu que “todos os pressupostos legais foram cumpridos” e classificou de “indisciplina a demarcação dos seus colegas”, admitindo medidas nos próximos dias.

 

O governador do Namibe e líder do MPLA, Carlos da Rocha Cruz “Caito”, felicitou o deputado eleito pela oposição, Sampaio Mucanda e reconheceu os pontos fracos que levaram o povo a “penalizar o seu partido”.

 

“Caito” admitiu que o MPLA vai superar tudo isso no decurso do mandato a ter inicio nos próximos dias.

 

Sampaio Mucanda, da CASA-CEgarantiu, por seu lado, que muita água vai correr debaixo da ponte porque, segundo ele, “as contas não estão a bater certo”.

 

A CASA-CE nas suas actas paralelas “deverá ter dois deputados no Namibe”, concluiu.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: