Lisboa - Portugal vai enviar 100 professores do ensino secundário e profissional para Angola, para dar formação a docentes angolanos. O primeiro grupo de 20 parte já em Agosto, devendo os restantes seguir até ao final de 2010, avança a edição do SOL desta sexta-feira

2.500 euros liquidos, viagens e alojamento pagos

Na primeira fase, os professores irão para  Cuanza Sul, Benguela, Namibe, Moxico e Cunene – zonas consideradas prioritárias e com condições logísticas para acolher o programa. Mas a ideia é abranger todas as 18 províncias de Angola, à excepção de Luanda.


Os docentes vão assinar contratos de um ano – renováveis por igual período – e receber um ordenado de 2.500 euros (que beneficia de uma isenção fiscal), tendo direito a viagens e alojamento pagos.


O recrutamento foi feito pelo IPAD (Instituto Português de Apoio ao Desenvolvimento), entre os dias 15 e 20 de Maio, através de um site.  À partida, foram excluídos todos os professores com vínculo à função pública.


Fonte: SOL



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: