Luanda - O regime apresenta agora um discurso diferente ao que apresentou  em fase eleitoral prometendo  a construção de um milhão de casas no prazo de quatro anos.  Na última reunião que o Vice Governador de Luanda, Bento Soito, com empresários ligados a imobiliária antecedida a conferencia sobre habitação, o dirigente deixou claro que não será o governo a construir  as um milhão de casa. Segundo o seu esclarecimento, o governo vai criar condições para os empresários privados da construção tais como facilidade de isenção de imposto de transporte dos matérias de construção vindos do exterior  e distribuição de terrenos a populares para fazerem a sua casa de preferência.

Nunca disseram que vão construir um milhão de casas

ImageNa retificação que o regime ou os seus elementos fazem do discurso da promessa, invoca que nunca disseram que iriam construir as um milhão de casas mais sim irão apresentar um milhão de casas ou seja. Serão criadas condições para que os empresários e outros construam um milhão de casas em quatro anos que serão apresentadas como obras feitas pelo governo.

Informações vindas de sectores hostis ao regime suspeita que o Governo irádizer dentro de quatro anos que nunca disse que iria construir mas sim que iria apresentar um milhão de casas. “quando alguém promete apresentar um milhão de casa não implica dizer que as casas sejam de sua autoria”, mas segundo lamentam “infelizmente o povo não irá decifrar a linguagem do regime e vai mesmo pensar que elas foram feitas pelo MPLA”.

Em termos de construção do país, o governo conta um  Programa Nacional de Urbanismo e Habitação sob alçada do Ministério das Obras Publicas e do Urbanismo. Há também o Gabinete de obras especias dirigido pelo General “Kopelipa”. Recentemente anunciou a construção de um milhão de casas em Cabinda. A frente do projecto esta o tenente general Andre Futy que representa a casa militar no enclave.

A construção de um milhão de casas foi uma promessa feita em campanha eleitoral apresentada pelo Presidente da Republica. Na altura surgiram varias vozes de especialistas sobretudo alertando que se estava diante de um exagero. Analistas políticos punham também em causa a capacidade de o governo do MPLA construir a mesma tendo em conta o seu antecedente de prometer e cumprir em tempo indeterminado.

Artigo relacionado:

Vota no MPLA "por mas um milhão de novas moradias"

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: