Malanje - O governador de Malange, Boaventura Cardoso, avisou aos moradores dos prédios Ché-Guevara, do Gamek, Casa Americana, bem como os localizados entre a rua 15 de Agosto e Praceta do Comércio, o da rua Ultra Machado e Serpa Pinto que serão desalojados porque os prédios são inacabados e por esta razão vão continuar com as obras.

ImageO governador vai desalojar as pessoas que habitam nos referidos edifícios a dezenas de anos, mesmo não tendo lugar antecipado para abrigá-las condignamente.

A ser assim, o governador de Malange só está a seguir a política de desalojamento neocolonial que o seu partido leva a cabo nas províncias de Benguela, Luanda, Huila, Moxico e outras.

Recorde-se que na semana que terminou as Organizações da Sociedade Civil reunidas na Sala da União dos Escritores Angolanos em Luanda exortaram ao fim dos desalojamentos forcados sem antes criar condições condignas para as populações visadas.

Por outro lado, a ONG OMUNGA, de forma isolada, tem vindo a denunciar desalojamentos sucessivos em Benguela.

Fonte: Club-k.net



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: