Luanda - 09/03 – A cidade de São Paulo no Brasil, acolhe de 4 a 6 de Maio deste ano, a IVª edição do Encontro Internacional da Cultura e Tradições Bantu.

*Eduardo Finete
Fonte: Club-k.net

“Cultura, Costumes e Hábitos de um Povo Transatlântico”, é o tema central que vai nortear o certame que pretende juntar académicos, homens de cultura, políticos e líderes tradicionais alguns países que fazem parte do grupo linguístico Bantu, como Angola, Moçambique, Gabão, Kongo Brazzaville e República Democrática do Kongo, assim como outros da América Latina.

O encontro de 3 dias, visa chamar atenção dos políticos, estudiosos e da sociedade em geral sobre a importância do continente “Mãe-Ancestral - África”;- fez saber a este portal o coordenador do evento e líder tradiocional brasileiro da Bahia, Tata Nkisi Katuavanjesi, também conhecido como Walmir Damasceno.

Damasceno, disse igualmente que o encontro vai traduzir-se na realização de palestras, conferências, falas e contos da Cultura Bantu.

Para o efeito, foram convidados académicos e homens de cultura, como o Director Geral do Centro de Investigação das Civilizaçoes da Cultura Bantu -CICIBA, o gabonês Antoine Mandu Tchibwa, que vai falar de “Entender os Bantu para Comprêender o Mundo”, ao passo que a Ministra angolana da Cultura vai abordar o tema “Mbanza Kongo - Património da Ancestralidade e da Humanidade”.

Já o angolano-congolês Sindika Dokolo, sairá de Angola para falar da “Arte Clássica Africana. Sindika Dokolo, é patrono de uma Fundaçao com o seu nome, com sede em Luanda e trabalha na recuperação acervos museológicos africanos que se encontram roubados em vários países europeus.

O académico Patrício Batsîkama, também angolano, ligado ao laboratório de Antropologia da Universidade Fernando Pessoa, no Brasil, também animará um dos temas durante o evento.

Segundo a coordenação, para o evento estão confirmadas presenças de um representante da União Africana, dos Presidente dos Presidentes do Gabão e de Angola, Ali Bongo e João Lourenço, respectivamente, cabendo a este último, a honra de presidir ao acto de abertura do evento.

A organização da IVª edição do ECOBANTU está a encetar contactos com o Ministério da Cultura de Angola, para que os líderes tradicionais dos antigos Reinos do Kongo, do Bailundu e da Matamba também possam participar do certame.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: