Coimbra - A angolana Luzia Bebiana de Almeida Sebastião defendeu, esta segunda-feira, o seu doutoramento em Ciências Jurídico-Criminais pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, em Portugal.

Fonte: Angop

“A legalidade Penal, Costume e Pluralismo Jurídico: A experiência angolana. O(s) Direito (s) e o(s) Facto(s)”, foi o tema da tese de Doutoramento da antiga juíza conselheira do Tribunal Constitucional da República de Angola (2008-2018).

 

Luzia Sebastião tem já um Mestrado em Ciências Jurídico- Criminais (1999-2002), também Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra.

 

Exerceu advocacia de 1991 a 2008. Foi presidente do Conselho Provincial da Ordem dos Advogados de Angola (1996-1999). Foi regente das cadeiras de Direito Penal I e Direito Penal II na Universidade Católica de Angola e na Universidade Lusíada de Angola (2000-2005). Foi regente da cadeira de Direito Penal I na Universidade Metodista de Angola (2008-2009).

 

Luzia Bebiana de Almeida Sebastião é filha de Adriano Sebastião, nacionalista angolano e primeiro embaixador de Angola em Portugal (1978-1982).



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: