Luanda -   O embaixador de Angola na Federação da  Rússia, Samuel Tito, faleceu hoje (quinta-feira), em Moscovo, por doença, informou  à Angop fonte oficial, em Luanda.

De acordo com a fonte, o diplomata encontrava-se hospitalizado há vários meses, vítima de acidente vascular cerebral.

O diplomata foi nomeado embaixador de Angola na Federação Russa a 22 de Setembro de 2006, em substituição do actual ministro do Interior, Roberto Leal Ramos Monteiro "Ngongo".

Até a data da sua nomeação como embaixador exerceu o cargo de vice-ministro da Geologia e Minas.

O diplomata Samuel Tito foi igualmente indicado embaixador extraordinário e plenipotenciário de Angola nas repúblicas da Moldávia e  da Ucrânia, fixando residência na Federação da Rússia.

Refira-se que o incremento da cooperação bilateral entre Angola e a Rússia guiou a missão do embaixador Samuel Tito Armando, cujo ponto mais alto foi alcançado em Junho do ano em curso com a visita ao país do presidente da Federação  da Rússia, Dimitri Analoliévitch Medvedev.

Fonte: Angop



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: