DIREITO DE RESPOSTA
“FALSA Notícia ”
Tito Perdigão Abrantes Zuzarte de Mendonça “Tilucho”


A propósito do artigo intitulado “PCA DO BANCO PRESTÍGIO OUVIDO PELA PGR”, publicado no portal informativo CLUB K ANGOLA, no dia 16 junho de 2018, afigura-me pertinente exteriorizar que o mesmo é ABSOLUTAMENTE FALSO e exemplo de péssimo jornalismo, pois, colide de forma grave e estonteante com os parâmetros jurídicos- constitucionais que devem nortear a actividade da comunicação social séria, tais como a verdade, objectividade, isenção, entre outros pressupostos sem quais o jornalismo é mero pasquim para alimentar profissionais indignos e malfeitores do Estado de Direito e Democrático.


É FALSA a notícia, com objectivos concretos de quem a encomendou e quem escreveu a mesma!


Está na moda a maledicência!


Afirmo que não sou alvo de quaisquer processos , exigindo a apresentação do referido termo de identidade e residência ou um pedido de desculpas formal a prestar no mesmo site e com a mesma projeção da retirada do artigo e da minha fotografia, do portal da vossa publicação eletrônica.


Luanda, 17 de junho de 2018
-------------------------------
Tito Luis Perdigão Abrantes Zuzarte de Mendonça

 

 

Nota de redação:

A redação do Club-K, reitera o conteúdo da sua informação de que o PCA do Banco Prestigio, Tito Mendonça foi recentemente chamado na PGR e ouvido pela procuradora Petra Romana Timóteo Correia, na Direcção Nacional de Investigação e Acção Penal (DNIAP), num processo em que o principal visado é a direção do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), que recorreu os serviços do Banco Prestígio. O Club-K dará sequência a este tema oportunamente. 

Paulo Alves,
Lisboa, 18 Junho de 2018

Tema relacionado

PCA do Banco Prestígio ouvido pela PGR


,



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: