Luanda - A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou a entrada de uma denúncia, apresentada pela direcção do Petro de Luanda, envolvendo a corrupção de árbitros no Girabola Zap.

Fonte: Sapo

A informação foi dada pelo porta-voz da PGR, Álvaro João, em entrevista à Rádio Cinco: “A Procuradoria-Geral da Republica confirma a entrada desta denúncia, apresentada por um dirigente do Atlético Petróleos de Luanda. As denúncias que constam no referido documento têm a ver com actos, supostamente, de corrupção na arbitragem.”

 

Por sua vez, o presidente da Associação dos Árbitros de Futebol de Angola (AAFA), Vicente Garcia, realça que a PGR é “uma instituição muito séria”, daí que a AAFA tenha “confiança no trabalho que vai fazer” e vai “esperar pelos passos subsequentes”.

 

O responsável máximo dos ‘homens do apito’ lamenta, contudo, a forma como os problemas de arbitragem estão a ser conduzidos por alguns órgãos de informação do país: “É uma pena”, sentenciou.

 

Vicente Garcia salienta ainda que a AAFA, “quando propôs-se a essa causa da defesa dos interesses dos árbitros, em nenhum momento teve uma hipótese de defender qualquer anomalia na actividade dos árbitros”.

 

Ao longo desta época, a arbitragem no Girabola ZAP tem sido bastante criticada, quer por alguns clubes como pelos adeptos.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: