Luanda - A SIC vai perder o seu chefe de redacção, Frederico Roque de Pinho,  para a Televisão Pública de Angola (TPA). O jornalista será consultor da administração do canal africano, que se encontra em processo de remodelação.

 

Fonte: DN

Deverá fazer parte da equipa dos noticiários

Frederico Roque de Pinho deverá fazer parte da equipa que vai dar uma nova cara aos noticiários da TPA e tem contrato com a estação para os próximos quatro anos. "Talvez até mais",  prevê Frederico Roque de Pinho, que passou recentemente um mês em Angola, tratando de questões logísticas como a casa onde vai morar. "É um país em reconstrução e vou para um megaprojecto", classifica, em declarações ao DN.

 

No projecto de remodelação da TPA está também envolvido Renato Freitas, antigo quadro da SIC e sócio da produtora Até ao Fim do Mundo, responsável por formatos como Os Contemporâneos, o documentário Dar a Vida sem Morrer, o magazine Cuidado com a Língua, todos da RTP1, ou o programa TV Turbo,  onde Frederico Roque de Pinho foi colaborador.

 

Sobre as futuras funções, o jornalista conta mostrar trabalho antes do início da Taça Africana das Nações,  competição de futebol que se realiza em Angola e arranca no dia 10 de Janeiro de 2010.

 

A saída do jornalista, actualmente a coordenar o Jornal da Noite,  já é conhecida na SIC.  "Foi superdifícil tomar a decisão de sair", assegura Roque de Pinho, que trabalhou onze anos na estação de Pinto Balsemão.

 

A gozar de um período de férias, Roque de Pinho tem de acertar alguns detalhes quanto à sua saída da empresa, mas já não deverá voltar à redacção.  O seu sucessor  no cargo de editor executivo chefe do canal ainda não foi designado.


Este não é o primeiro profissional da SIC a sair da estação rumo a Angola. O jornalista e pivô Luís Costa Branco, da SIC Notícias, também está de partida para assumir a direcção do semanário Sol neste país.

 

-- Nota: Consulte --
* Últimos artigos/relacionados publicados: - Reestruturação na TPA no Club-k



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: