Luanda - Um cidadão de nome Sebastião António, é acusado de envolver-se sexualmente com uma cadela, pertença dos donos da casa onde este prestava serviço de segurança.


Acusado está detido na 8ª esquadra, Bairro do Prenda

Segundo o proprietário da cadela, o acusado era o responsável pelos cães em casa e um homem de confiança. “Era a noite e, eu achei estranho os cães não estarem no sítio habitual, então desci e encontrei ele todo num a fazer sexo com a cadela”, explicou o responsável pela cadela que logo em seguida o denunciou a polícia.


Prova do que aconteceu, é que a cadela sangrou muito, segundo o proprietário. “Era muito sangue, mas agora está tudo sob controlo. Já levamos ao veterinário e o bicho está fora de perigo”, garantiu.


“Ele já pedia-me para levar os cães a passear, mas eu nunca deixei. Nunca desconfiei dele, mas um homem deste é perigoso ter em casa. Eu tenho filhas, netas aqui em casa e, qualquer dia poderia fazer isso a uma dela ou a minha mulher”, lamentou.


De 35 anos de idade, pai de 5 filhos, Sebastião António é divorciado e, está detido na 8ª esquadra, Bairro do Prenda, Município da Maianga, em Luanda.


O acusado disse que não praticou o acto porque considera que o sexo do animal em causa não está preparado para receber o pénis de um homem. “São duas cadelas e, as mesmas são virgens. Eu não fiz nada, porque se fizesse ela poderia me morder ou então acontecer outra coisa grave”, disse o acusado.


Questionado sobre a quantidade de sangue no local, Sebastião António disse que ele não tem nada a ver com aquilo e, que deve ser o outro cão pequeno que fez. Ele lá tem um outro cão pequeno, ele tenta sempre subir e não consegue, mas naquela noite deve conseguir”, justificou.

 

Fonte: Rádio Luanda  



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: