Lisboa  - Vincent Miclet, antigo gestor das empresas do general “Kopelipa” que se encontra na condição de impedido de regressar a Luanda, prometeu usar todos “os instrumentos constitucionais aceites e permitidos” para recuperar  direito  do seu patrimônio que alega terem sido usurpados, em Angola.

Fonte: Club-k.net

A manifestação foi declarada por via do seu advogado Alexandre  Pegado, em “direito de resposta” enviado a redação do Club-K, respeitante a noticia intitulada “sócio Francês burla USD 400 milhões a Kopelipa”.

 

“Como consequência, o Dr. Vincent Miclet, ira socorrer-se de todos os meios e instrumentos constitucionais aceites e permitidos para não só pugnar pelos direitos patrimoniais que lhe foram usurpados, no âmbito dos negócios que vem exercendo na República de Angola, como também para salvaguarda e a reposição do direito ao bom nome e reputação.”, le-se no direito de resposta  do  empresário francês.  

 

Vincent Miclet viveu em Angola desde 1990, sendo  o empresário que estava como PCA da 5M - Manufacturação, Metodologia, Meios, Manuseamento & MARKETING, Limitada, uma empresa ligada aos interesses de membros do circulo presidencial, na pessoa dos generais Leopoldino do Nascimento e Manuel Hélder Vieira Dias Júnior “Kopelipa”, e Manuel Domingos Vicente.

 

Loading...

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: