Lisboa – O ministro da comunicação social, Aníbal João da Silva Melo é citado - em meios atentos a ética e a transparência no novo governo – como tendo indicado ao Presidente da República a nomeação de uma “sobrinha”, Luena Cassonde Ross Guinapo para o cargo de administradora executiva para a Área de Marketing e Comercialização das “Edições Novembro”, empresa estatal que detém o Jornal de Angola.

Fonte: Club-k.net

Segundo apurou o Club-K, a recém nomeada que tomou posse esta quinta-feira, em Luanda, é formada em Relações Publicas e Publicidade, em Portugal. Como profissional exerce as funções de Chefe do Departamento de Marketing da empresa “NET ONE - Telecomunicações, S.A.”. Luena Guinapo  faz também  parte do elenco da “Movimento – comunicação integrada”, agencia de publicidade detida pelo ministro da comunicação social.

 

A nomeação de familiares por parte de membros do regime do MPLA, é uma realidade que acontece  desde o tempo de José Eduardo dos Santos e que a nova governação do Presidente João Lourenço tem estado a dar sequência.

 

No primeiro semestre do ano em curso, o Club-K, reportou que a ministra da educação, Maria Cândida Pereira Teixeira, havia nomeado  uma sobrinha de 26 anos, Domingas Manuel Pedro como sua consultora. Também a ministra da saúde, Sílvia Lutucuta, nomeou como diretor do GEPE do ministério, um membro próximo a sua família, António Costa. Lutucuta tem ainda no seu gabinete uma sobrinha como funcionaria. No sector petrolífero, o PCA da Sonangol tem sido denunciado como estando a por a esposa a dirigir negociações envolvendo a petrolífera estatal.

Luena Guinalpo a terceira a contar pela esquerda 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: