Luanda - A promotora Nova Energia, detentora dos direitos do projecto “Show do Mês”, pondera dar entrada de uma queixa-crime às instâncias judiciais contra Matias Damásio, caso o cantor se mostre indisponível a devolver o dinheiro usado na produção dos dois concertos em que o mesmo não compareceu.

Fonte: JA

Produção do Show do mês pondera processar 

Um comunicado de imprensa assinado pelo director da promotora, Yuri Simão, chegado à Redacção do Jornal de Angola, refere que se pretende que o processo siga os trâmites legais e na falta de um acordo entre as partes aguardamos pela resolução dos tribunais.


O Jornal de Angola soube que a Nova Energia e seus responsáveis exigem do artista a devolução do cachet pago por um trabalho não concluído, de todas as despesas referentes à produção dos dois espectáculos não realizados e indemnização, para permitir que seja devolvido o dinheiro dos clientes.


Uma fonte próxima à promotora garantiu que a Nova Energia e os seus representantes tentaram, ontem, chegar a um acordo pacífico com o artista e seus representantes, mas até ao fecho dessa edição não foi possível apurar o desfecho do encontro.


O jornal sabe ainda que à Nova Energia não interessa negociar novas datas para a realização dos concertos pelo facto de ter a sua agenda preenchida. “À promotora e produtora do Show do Mês apenas interessa a devolução do dinheiro, pois já não conseguimos enquadrar um outro concerto numa nova data”, disse a fonte ao Jornal de Angola, para quem se não se chegar a um acordo pacífico, o assunto será tratado judicialmente por incumprimento contratual e “vamos exigir indemnização”.


Realçou, por outro lado, o facto do artista ter sido pago com antecedência para os três concertos: “Ao Damásio não devemos qualquer vintém. Pagou-se tudo o que foi acordado e não são cachets baratos, assim como a banda, a segurança e outros serviços. Vamos avançar para outros fóruns caso não haja pacto”.


Informações chegadas à nossa Redacção davam conta que Matias Damásio tinha viagem a Portugal marcada para ontem, onde tem compromissos inseridos na divulgação do mais recente disco, “Augusta”.


O artista não compareceu em dois dos três concertos do Show do Mês, no Royal Plaza Hotel, por desavenças com o jornalista Salú Gançalves, que é apresentador regular do projecto. Já na primeira noite, ainda em palco, o cantor Damásio deu a entender que não estava confortável com a situação.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: