Lisboa - Foi o presidente norte-americano que declarou oficialmente o fim da Guerra Fria e que travou a primeira Guerra do Golfo contra o regime de Saddam Hussein no início dos anos 1990. Dois dos seus seis filhos foram longe na política, um foi presidente dos Estados Unidos, outro governador da Florida ​​​. George H. W. Bush morreu na sexta-feira à noite em Houston, aos 94 anos.

Fonte: DN

De herói militar a Presidente na Guerra do Golfo

Quem entrasse no hotel de cinco estrelas al-Rashid, em Bagdad, no período entre as duas guerras do Golfo, uma iniciada em 1991 e a outra em 2003, teria quase que forçosamente pisar os azulejos com a cara de Bush pai que Saddam Hussein ali mandara colocar. Foi um ato de vingança, uma vez que no Médio Oriente visar alguém com a sola de um sapato é um sinal de grande desrespeito. Apesar de ter perdido a guerra, sendo obrigado a retirar do Koweit, Saddam continuou no poder. Daí que alguns analistas considerem que foi incompleta a vitória militar do então presidente dos EUA George H Bushsobre o ditador que governava o Iraque.

 

Quase nove meses após a queda do Muro de Berlim, símbolo da Guerra Fria, Saddam mandava as suas tropas invadirem o vizinho Koweit a 2 de agosto de 1990. Na sequência disso, Bush pai forjou uma coligação internacional contra o regime do Iraque e, a 24 de fevereiro de 1991, tinha início a famosa operação Tempestade no Deserto. Teve aval da ONU, ao contrário do filho George W. Bush, que 12 anos mais tarde voltava a levar os Estados Unidos para uma guerra com Iraque. Mas de forma unilateral. Provocando fortes divisões na comunidade internacional. O conflito acabaria por levar à captura e morte de Saddam Hussein e também à remoção dos azulejos do hotel al-Rashid.


A Guerra do Golfo, habitualmente designada como a primeira Guerra do Golfo, é um dos acontecimentos que mais pessoas associam ao 41.º presidente dos EUA George H Bush. No início de fevereiro de 1992, dois anos e meio após a queda do Muro de Berlim, o republicano e o seu homólogo russo, Boris Ieltsin, declararam oficialmente o fim da Guerra Fria num encontro que decorreu em Camp David, no Maryland, onde fica a casa de campo do presidente dos EUA.

 

Vice-presidente de Ronald Reagan, cujo segundo mandato foi marcado pelo caso Irão-Contra, George Herbert Walker Bush foi chefe do Estado dos EUA entre 1989 e 1993. Nascido a 12 de junho de 1924, no Massachussetts, foi piloto naval durante a Segunda Guerra Mundial. Estudou na Universidade de Yale e, a 6 de janeiro de 1945, casou com Barbara Pierce, tendo ido viver para o Texas e desenvolvido ao longo do tempo negócios na área do petróleo. O casal teve seis filhos, sendo que dois deles, George W. Bush e Jeb Bush, foram longe na política. O primeiro foi presidente dos EUA, de 2001 a 2009, estando no poder aquando dos atentados do 11 de Setembro. O segundo foi governador da Florida e um dos candidatos às primárias republicanas, acabando por ser ultrapassado pelo multimiolionário Donald Trump.


Membro do Congresso norte-americano entre 1967 e 1971, Bush pai, como era conhecido, foi também diretor da CIA - serviços de informações externos dos EUA, no período de 1976 a 1977. Candidato às eleições presidenciais de 1992, acabou derrotado pelo democrata Bill Clinton, sendo apresentados vários fatores para isso, como por exemplo, o impacto da recessão e o efeito da candidatura de Ross Perot, independente, que conseguiu 19% dos votos.


Após deixar a Casa Branca, George H Bush saiu dos holofotes públicos, mas foram várias vezes em que voltou a aparecer. Em 2013, por exemplo, participou numa campanha de solidariedade para com o filho de um dos seguranças que sofria de leucemia, rapando o cabelo. Bush era particularmente sensível a esta questão pois uma filha sua morreu de leucemia. Nesse mesmo ano foi testemunha do casamento entre duas mulheres no Maine e, em 2014, quando fez 90 anos, saltou de paraquedas também no Maine. A primeira vez que o fez foi em 1944, na II Guerra Mundial, quando era piloto naval e foi atingido sobre o Oceano Pacífico. Em representação do filho, George H Bush esteve em Portugal, em 2006, na tomada de posse de Cavaco Silva como Presidente.

 

Diagnosticado com a doença de Parkinson, Bush pai tinha estado hospitalizado por diversas vezes nos últimos anos, tendo por essa razão faltado à tomada de posse de Donald Trump, que desde 20 de janeiro de 2017 se tornou o 45.º presidente dos EUA. Também a sua mulher, Barbara Bush, esteve ausente das cerimónias, por ter sido, também ela, hospitalizada nessa altura. Barbara Bush morreu no dia 18 de abril de 2018, aos 92 anos, vítima de doença crónica pulmonar e problemas cardíacos. George morreu esta sexta-feira, aos 94 em Houston.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: