Lisboa – O décimo quarto governador Job Pedro Castelo Capapinha tomou parte, nesta terça-feira (4) do encontro que o PR João Manuel Gonçalves teve com vários dirigentes e líderes de organizações não-governamentais, tendo na ocasião solicitado ao Chefe de Estado que encontros do género deveriam seguir-se a nível dos governos províncias e das administrações municipais de forma a abrirem-se as portas para a sociedade civil.

Fonte: Club-k.net

De forma descontraída, o Presidente angolano, segundo revelações ao Club-K, não conteve com um sorriso de leve para de seguida retorquir: "Desculpe mas estou a rir porque estou a ouvi-lo e gostaria de saber se quando foi governador também procedeu assim?". A replica do PR serviu de descontração para os presentes que se riram baixinho.

 

De realçar que Capapinha participou no encontro na qualidade de presidente da União das Associações Locais de Angola (AMANGOLA), uma ONG que em 2015, o ex-Presidente José Eduardo dos Santos (JES) concedeu o estatuto de utilidade pública, ficando a mesma habilitada a receber fundos do Estado para suportar as suas atividades, em prol das comunidades rurais. Em Junho do ano passado a AMANGOLA assumiu apoiar a campanha do MPLA, tendo lançado o projecto “Dialogo com o voto certo” que visava educar as comunidades rurais a votarem no partido no poder e no seu candidato.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: