Luanda - O presidente de Angola, João Lourenço, criou grupo de trabalho que tem 60 dias para fazer levantamento de apoios públicos a investimentos feitos por entidades privadas.

Fonte: Lusa/ Jornal Economico

Proceder ao levantamento de todos os investimentos privados realizados com recurso a fundos públicos é a missão de um grupo de trabalho criado agora pelo presidente João Lourenço e liderado pelo ministro do Estado de Desenvolvimento Económico e Social.

 

Segundo o despacho presidencial que cria o grupo, a equipa tem ainda de determinar as participações do Estado em função dos montantes envolvidos, identificar soluções e apresentar medidas a serem adoptadas pelo Estado num prazo de 60 dias.

 

Integram a missão os ministros das Finanças, do Interior, da Justiça e dos Direitos Humanos, da Economia e do Planeamento, e dos Recursos Naturais e Petróleos, o inspetor-geral da Administração do Estado, um representante da Procuradoria do Estado, um representante da Procuradoria-Geral, o chefe do Serviço de Inteligência e Segurança do Estado, o diretor-geral dos Serviços de Inteligência Externa, o diretor do Serviço de Investigação Criminal e o presidente do conselho de administração da Sonangol.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: