Luanda - O pároco da igreja católica Nossa Senhora de Assunção, em Luanda, Francisco Zau, encontra-se em parte incerta desde o mês de Setembro do ano de 2018.

*Vitorino frederico
Fonte: Club-k.net

Fiéis católicos preocupados com o desaparecimento

Os fiéis preocupados com a situação, um grupo de 12 catequistas, dirigiram-se ao pacio episcopal na tentativa de obterem esclarecimentos do paradeiro do prelado católico ao arcebispo de Luanda Dom Filomeno Vieira Dias, os fieis foram aconselhado pelo secretario do bispo a endereçarem uma carta ao homem forte da igreja católica em luanda.

 

Padre Zau tem realizado missas de libertação todas as quarta-feira naquela paroquia chegando a movimentar cerca de 1500 fieis oriundos de  diversas paroquias.

 

A paroquia nossa. Senhora de assunção está a ser dirigida por recém consagrado padre, Vitorino considerado pelos Fieis como inexperiente e falta de vocação sacerdotal.

 

O padre Vitorino tem pautado por uma conduta que não dignifica a igreja, recentemente humilhou perante a missa um grupo de acólitos de 5anos, tendo acusado de terem bebido três garrafas de vinho destinada as celebrações, facto que gerou um enorme descontentamento dos seus progenitores que avançaram com uma queixa crime a PGR.

 

O referido sacerdote tem promovido palavras obscenas nas celebrações eucarísticas, desviando das leituras da sagrada eucaristia, é acusado de estar a destabilizar o grupo dos leitores , tendo suspendido os seus responsáveis por lhe terem chamado atenção, assim como procedeu a suspensão do coordenador do apostolado de oração por lhe ter chamado de atenção da forma como se relaciona com os adultos.

 

Uma fonte da arquidiocese de Luanda contactada pela nossa reportagem avançou que reverendo padre Zau encontra- se no pacio episcopal em missão eucarística, questionado sobre as razoes que levaram a retida do mesmo da paroquia onde foi nomeado sem o consentimento dos fieis, a fonte preferiu remeter-se ao silêncio.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: