Lisboa – O Serviço de Investigação Criminal (SIC) prendeu nesta segunda-feira (27), em Luanda, o cidadão Wilson Freita Daniel da Costa, na sequencia de uma participação criminal movida pela Direção Nacional do Arquivo de Identificação Civil e Criminal (DNAICC), que o acusa de ser “um cidadão estrangeiro que se faz passar por nacional, exibindo documentos nacionais”.

Fonte: Club-k.net

Suspeito de ter nacionalidade angolana por meios fraudulentos 

Wilson Costa é apresentando  como suposto    genro de Edeltrudes Maurício Fernandes Gaspar da Costa, o diretor do Gabinete do Presidente da República. Ele é há mais de 4 anos o director-geral da General Electric (GE) em Angola, uma das 100 maiores empresas americanas. Há fortes suspeitas de que a sua verdadeira nacionalidade seja nigeriana. Quando entrou pela primeira vez em Angola, fez uso de um passaporte americano e com visto da GE.

 

No âmbito de uma investigação apurou-se que o bilhete de identidade angolano, com numero de serie 2113959 (passado pelo arquivo de identificação de Malanje) que Wilson da Costa usa foi obtido de forma fraudulenta, visto que o numero pertence a outro cidadão angolano. O nome dos seus progenitores que constam no bilhete de identidade não constam também na base de dados da DNAICC.

 

“Atendendo ao facto de se tratar de um cidadão estrangeiro, fazendo-se passar por nacional, isto é, exibindo documentos nacionais, o referido crime não admite liberdade provisória, uma vez que a penalidade prevista na lei nunca seria inferior a estabelecida no no5, do artigo 55o do código penal”, le-se no documento que o Club-K teve acesso.

 

Nestes termos, a DNAICC, em carta enviada a PGR, datada de 16 de Janeiro, recomenda que seja instaurado o competente procedimento criminal contra o senhor Wilson Costa, pela pratica do crime de falsificação de documentos.

Como  presidente da GE

Segundo apurou-se a GE colocou Wilson Costa como presidente da Comissão Executiva da companhia em Angola, onde promete prestar atenção aos planos do Governo de expandir a produção e distribuição de energia.


O novo líder da GE no país é formado em Engenharia Mecânica pelo York College of Pennsylvania e possui um MBA pela Universidade de Liverpool. Ingressou na companhia em 2011, como coun-try manager (Angola), uma função em que trabalhou para o desenvolvimento de negócios bilaterais.

 

Wilson da Costa substituiu David Viela, que ocupava o cargo desde 2015 e que antes foi engenheiro de campo, gestor de contas, director regional e presidente da Comissão Executiva da petrolífera Schlumberger em Angola.c

Loading...



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: