Luanda - Nove bolsas para mestrado e doutoramento foram oferecidas a estudantes angolanos pela Embaixada dos Estados Unidos da América (EUA), no âmbito de dois programas de formação norte-americanos.

Fonte: Angop


O programa de bolsas J.William Fulbright Student destina-se a estudantes que pretendem fazer mestrado com a duração de dois anos.

 

Já o Fulbright African Scholar Program (ARSP) oferece bolsas para doutoramento, cujos candidatos estão apostados nas áreas de pesquisa e desenvolvimento curricular.

 

A primeira bolsa de pesquisa terá o prazo de 3 a 9 meses e é oferecida a professores universitários ou profissionais de um instituto de pesquisa para a realização de investigação em qualquer disciplina académica ou profissional.

 

Já a bolsa de desenvolvimento curricular terá a duração de 3 a 5 meses e serve para professores ou administradores universitários, para o desenvolvimento de currículos académicos, igualmente em qualquer disciplina.

 

De acordo com a secretária de imprensa, cultura e educação da embaixada dos EUA, Deneyse Kirkpatrick, as bolsas de estudo Fulbright são atribuídas anualmente em universidades acreditadas nos EUA, beneficiando mais de 1000 e oitocentos bolseiros de todo mundo.

 

Como requisitos para concorrer devem ser cidadãos angolanos, a residir no país, fluência em inglês (falado e escrito), além de possuir um diploma superior em licenciatura.

 

Desde 1998, cinquenta estudantes participaram no programa de bolsas para mestrado.

 

Este ano foram enviados dois estudantes angolanos para universidades dos Estados Unidos, através do programa Fulbright. Os beneficiários estão a frequentar um curso intensivo de Inglês, na Georgia Stat Universsity e na University Of Nebraska, Omaha”, por um período de oito meses.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: