Luanda - O Presidente da Associação Justiça, Paz e Democracia reconhece haver uma violação clara da lei penitenciaria e aos tratados internacionais de que Angola faz parte aos direitos humanos. 


Fonte: Radio Ecclesia
   
 
António Ventura falava em relação à liberdade condicional e o direito à saúde de Fernando Garcia Miala, de acordo com os jornais do fim-de-semana.
 

No que concerne ao direito à saúde em Angola, António Ventura afirma que a Fernando Miala e a todos os condenados deve ser ministrado o anti palúdico que é  recomendado pelo ministério da saúde.
 

De acordo com o presidente da AJPD, os serviços médicos devem fazer uma avaliação do estado de saúde do antigo chefe da secreta externa para a sua transferência ao exterior do país, caso não haja solução médica no país.


E a família de Miala continua a pressionar para a libertação condicional do general e a alimentar a esperança de que Miala possa ir ao estrangeiro para tratamento médico. 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: