Luanda - O Reitor da Universidade Lueji A´Nkonde (ULAN) Carlos Pedro Cláver Yoba é acusado de cometimento de abuso de poder ao ter suspendido no dia 03 de abril de 2019, de forma arbitrária, sem motivos claros e por tempo indeterminado, três (3) Chefes de Departamentos afectos a Escola Superior Pedagógica da Lunda Norte (ESPLN), Unidade Orgânica pertencente a ULAN, respectivamente:

Fonte: Club-k.net

a) Fortunato Pedro Talani Diambo, Chefe de Departamento dos Assuntos Académicos da ESPLN;

 

b) José Luciano Cuango, Chefe de Departamento de Ensino e Investigação de Biologia da ESPLN;

 

c) Mbaz Nauege, Chefe de Departamento de Ensino e Investigação de Pedagogia da ESPLN;

 

Ao que se pode apurar, também corre nesta instituição de ensino superior, uma denúncia junto do SIC Lunda Norte por FALSIFICAÇÃO DE NOTAS E ATRIBUIÇÃO DE DECLARAÇÃO FALSA e OUTRO DE CORRUPÇÃO, cujo processo está sob a alçada do Sub-Procurador da República na Lunda Norte, Raimundo Martins em que estão implicados o Decano da ESPLN Jorge Dias Veloso, o Chefe do Departamento dos Assuntos Académicos Fortunato Pedro Talani Diambo e um estudante Afonso Tomás a quem foi atribuído uma declaração falsa com notas de conclusão do terceiro ano, depois deste ter reprovado em algumas cadeiras na classe que frequentou no ano de 2018.

 

 

 

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: