Lisboa - Sérgio Piçarra, um dos mais consagrados cartoonistas da África Austral participou a semana passada no evento “Cartooning for Peace”, que teve lugar em Addis Ababa, acolhendo  26 ilustres cartunistas de África e de outras partes do mundo. A cobertura da sua deslocação,  foi pela segunda vez,  por conta da embaixada de França em Angola através da sua Alliance Française, a quem o mesmo agradece. 

Fonte: Club-k.net

Autor do Mankiko participa no evento "Cartoon Peace"

Numa altura em que aparentava não contactar  com  contacto ou saudação  por parte  das autoridades angolanas, o cartoonista angolano foi surpreendido numa manha quando tomava o pequeno almoço no hotel por uma  entidade que  se aproximou a ele  cumprimentando  em português : "Bom dia, desculpe interromper, é o Sr. Mankiko, não é? É que está lá em baixo o Sr. Embaixador que veio para o cumprimentar."


Engasgado, o autor do personagem Mankiko, teria perguntado de que embaixador se tratava e quando olhou para baixo, no hall da entrada do hotel deparou-se com um senhor de fato e gravata acompanhado de mais três cidadãos angolanos igualmente bem apresentados. Um deles seria Adérito Ferreira, ex- funcionário da agencia Angop, os outros que o mesmo acabou por conhecer no local.


A figura que o queria cumprimentar pessoal é o embaixador de Angola, na Etiópia, Francisco da Cruz  a quem  Sérgio Piçarra, através da sua conta no facebook, agradeceu, “pela amabilidade e simpatia da sua visita. Um gesto inédito mas enorme, e que fica apontado na história”.


De recordar que durante o evento “Cartooning for Peace”, o cartoonista angolano Sérgio Piçarra e outros colegas de profissão como Zapiro (África do Sul) Victor Ndula (Kenya), Sherif Elsayed (Egypto), depararam-se  com Informações muito preocupantes sobre o aumento da perseguição a jornalistas em todo o mundo, entre assassinatos e prisões. Enquanto decorria o encontro, um cartunista turco estava preso no seu país, pela segunda vez. No Yemen está um jornalista na cadeia há 20 anos!


“Encontrei um cartunista da Malásia que já esteve preso - adivinhem- 5 vezes! Isso está bonito, não está?”, questionou o profissional angolano.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: