Lisboa - O comandante provincial  da Polícia Nacional, na Lunda-Sul, Aristófanes Cardoso dos Santos e o director provincial dos transportes, José Munhinga, são citados numa carta denuncia, de se terem se apoderado de bens pertencentes  ao património da instituição.

Fonte: Club-k.net

Segundo os denunciantes, durante a operação transparência o visado comissário terá se apoderado de madeira que se encontrava aprendida pela Policia Fiscal.

 

Relativamente ao director José Munhica, os denunciantes alegam que tem efectuado desvios de grandes vultos de combustíveis e lubrificantes que são destinados para o uso exclusivo dos carros da policia.

 

A carta – dirigida ao programa de televisão da TV Zimbo Fala Angola - é datada de 9 de Maio. Os seus subscritores apresentam-se como sendo parte do “colectivo de agentes da Policia Nacional da Lunda-Sul”.

 

Tema relacionado:

Lunda-Sul: Comandante da PN  desmente acusações de alegados desvio meios da corporação

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: