Benguela – As Últimas nomeações do ministério do interior terão causado mal-estar em altas patentes na Província de Benguela que mais uma vez não viram os seus esforços e anos de trabalho a não ser reconhecido.

Fonte: Club-k.net

Desta vez o desalento veem do director provincial da ordem pública de Benguela, Carlos Lito Mota Da Silva Manuel “Lito Mota”, que logo após as promoções terá recebido a mensagem de um internauta no facebook, a dizer-lhe o seguinte: “Ingratidão da vida... dissera um admirável comandante da Policia, Chefe Lito na Província podes trabalhar que nem um cão. Jamais serás reconhecido."

 

Em resposta, Carlos da Silva Manuel “Lito Mota” usou a mesma via (facebook) para responder que “Hoje volvidos 15 anos concluo que sim... mas sinto que é falta de qualidade, falta de profissionalismo, desempenho e liderança da minha parte. Por isso estou estagnado e compreendo. Enfim rendi-me as evidencias. mas jamais me tirarão a dignidade e honestidade. jamais ofuscarão os meus conhecimentos. coisas da vida.”

 

O desabafo do oficial superior da Polícia Nacional, tornou-se de seguida viral nas redes socias precipitando diversas interpretações. Para o veterano Jornalista Zé Manel, citando fontes de crédito “o desabafo de Lito Mota, tem a ver com a mais recente nomeação de Aristófanes dos Santos, para o cargo de comandante provincial da polícia de Benguela, um quadro da fornalha dos actuais quadros seniores da polícia de Benguela, na época pertencente a extinta TGFA no Lobito, onde foi um mero oficial e que depois de atingir um dos patamares superiores da instituição, regressa a sua terra natal, com as impressões digitais do actual ministro do interior, o benguelense de origem cabo-verdiana Ângelo de Barros da Veiga Tavares.”

 

Logo a seguir, surgiram varias reações sobre o tema levantado por Zé Manel, nas redes sociais, quanto a resposta do director Carlos da Silva Manuel “Lito Mota”.

 

Reações nas redes sociais 

 

Manuel Bartolomeu Dias: “É muita ingratidão, o LITO é grande profissional já merecia muito mais. Esta é a realidade do nosso país.”

 

Silva Capitão: “Ex: chefe do meu pai, o meu pai tem 38 anos de polícia não teve nenhum reconhecimento. A única opção que quê ele teve é de pedir a reforma , agora ele vê o sofrimento dos colegas dele na plateia, e eu já acompanhei muitas vezes o trabalho do comandante Lito Mota incansável”

 

Nguamy Maka Brito: “Este desabafo do Lito Mota, pode custar caro no pensamento do actual Comandante, porque é complicado trabalhar com um elemento descontente. Por outro lado, um policia ou militar, deve ter muito cuidado ao mostrar os seus descontentamentos nas redes sociais. Minha opinião”

 

José Bumba: “Zé Manel... Se o Lito Mota reclama e teve até uma belíssima oportunidade de atingir este grau policial por ter sido agregado no "staff" do Pedro Kandela.. pois já imaginaste o número de jovens na altura que ele encontrou na Investigação Criminal quando ele entrou, como civil e futebolista do Ínter Club?.. Quais são os graus do Hugo, Lourenço, Javela, Armando, Coelho, Nandinho, o Pardal.. Aplauso, Filipe.. e tantos outros ainda vivos e em (memória).. agora o que vem para Benguela o que me parece conclui o superior de ciências policiais em Portugal ou Espanha, e depois foi para Lunda Sul embora não tenho bem a certeza se é deste que eu ouvira falar numa das minhas visitas acadêmicas no Instituto Superior de Ciências Policiais e Criminais Serra Vandunem em Luanda... Ao Lito é só mais uns cacimbos chega lá.. pois a Polícia e as FAA já deram um grande sinal de arrumar os "kota" para cuidarem dos netos e bisnetos”.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: