Luanda - O deputado do MPLA e membro do Comité Central, João Diogo Gaspar, lamentou a posição tomada pela bancada parlamentar da UNITA em não votar a favor da aprovação do OGE revisto, quando o mesmo, segundo alega, trás vários aspectos defendidos pelos deputados do Partido do Galo Negro, como são os casos da proposta de aumento dos salários dos parlamentares e a compra de Lexus.

Fonte: Club-k.net/TPA

Para o deputado do MPLA a atitude da UNITA é anormal, porquanto evitaram aprovar um orçamento que os beneficia. 

 

Segundo ainda João Diogo Gaspar foi com base no OGE que a UNITA propôs o aumento de salários para os deputados e a compra de Lexus para os ilustres.

 

"É para isso que o povo votou em vós?", questionou-se o deputado do MPLA, para em seguida acrescentar: "Desde a implantação da democracia em Angola que a UNITA nunca votou favoravelmente em nenhum OGE. Grande atitude! Agora pergunto: que tipo de cidadania estão a prestar ao país? Tenham a coragem de reflectir no sofrimento desse povo, que depositou a sua confiança em vós", disse o deputado João Diogo Gaspar, do círculo provincial de Malanje.


O parlamentar encerrou a sua abordagem em torno da atitude da UNITA com uma frase do filósofo angolano rei Ngola Kiluanje, também conhecido por Rei Cabombo: “quem não aprova o que lhe beneficia é louco! ou está com dificuldade de compreender o que lhe favorece.”

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: