Lisboa – Sem mencionar nomes, o deputado e general reformado Roberto Leal Monteiro, levantou nesta sexta-feira (7), a margem da 5ª Sessão Extraordinária do Comité Central reparos a volta de dirigentes que utilizam “helicópteros” para visitar certas localidades nos arredores de Luanda.

Fonte: Club-k.net

Militantes querem dirigentes a viajar de carro pelo país


A observação de Roberto Leal Monteiro foi encarada pelos presentes como um reparo ao Vice-presidente da República, Bornito de Sousa Baltazar Diogo que no passado dia 5, fez uso de helicóptero para se deslocar ao município da Quissama, que fica a 129 quilometro de Luanda. Por via terrestre o percurso leva 1h45min.


No seguimento dos reparos levantados pelo general reformado, um membro do Comité Central pela província do Cunene pediu a palavra para agradecer a iniciativa do Presidente da República de ter ido visitar aquela região afectada pela seca. O militante agradeceu o facto de João Lourenço ter percorrido algumas localidades de carro permitindo-lhe estar em contacto direto com as populações ao contrario do seu “Vice” que em distancias curtas faz recurso a helicóptero.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: