Alemanha - Pois se fosse não falharia porque não era difícil para qualquer um de nós na altura oficiais operativos da contra inteligência militar ligados ao mais velho ( Bernardo ) Nito Alves prender e se fosse para eliminar a grande maioria dos dirigentes do MPLA.

Fonte: Fórum Livre Opinião & Justiça

Olha que na aquela altura nem Agostinho Neto , nem outro qualquer tinha como sua proteção um batalhão de militares armados ate aos dentes e nem uma povoação de civis dos serviços secretos disfarçados .

Como nos dias de hoje teve JES e acredito deve ter também o João Lourenço apesar de mais popular do que o outro senhor , no dizer de muita gente.

Importa dizer que na altura Nito Alves tinha toda juventude principalmente em Luanda e o povo do seu lado .

Que ele sabia cativar e se apaixonar com os seus discursos eletrizantes que tocava o coração de qualquer um.

Se calhar porque dizia muita verdade e coisas que estavam mesmo ás vistas de qualquer um que tivesse olhos para ver .

Como por exemplo quando ele tinha dito num dos seus discursos mais famosos no largo primeiro de Maio e outros que fazia na comissão popular do bairro Sambizanga.

" Que se Angola era um país multirracial porque razão nunca se via um branco nem um mulato varrendo as ruas ou por exemplo no carro de lixo ?"

Onde estava ai a mentira , o populismo ou coisa do género de Nito Alves , se era uma realidade não só naquele tempo .

Como ate mesmo hoje , onde ate as vezes se tem vantagem pura e simplesmente quando se é um pouco mais claro ?

Poderia fazer uma lista de semi analfabetos mulatos e brancos (as ) que conheci e conheço.

E ainda assim tiveram sempre cargos , desde logísticos , chefes de secções , de unidades de produção entre outros.

Embora seja uma realidade não é sobre isto que me propus escrever hoje , poderá ser tema para uma outra altura , sem tabu e nem ressentimentos.

Como disse era muito fácil o acesso á qualquer dirigente do MPLA inclusive ao Agostinho Neto pude constatar isto , pessoalmente das duas vezes que entrei no palácio em serviço .

Sendo pela primeira vez na altura em que decorria o congresso da OSPA em Luanda ( 1976 ) se a consciencia não me trai.

E a cidade estava completamente controlada por causa do grande numero de delegações estrangeiras pelos operativos da DISA e contra inteligência militar.

Foi pela primeira vez que a DISA e a contra inteligência militar funcionaram juntos e recordo-me ainda tão bem como se fosse hoje .

Dos homens da DISA que eu pessoalmente indaguei que estavam colocados em pontos estratégicos da cidade , e eu nunca tinha pensado nem imaginado que fossem deste organismo.

Muitos ainda estão vivos e se não fosse a crise de xinguilamento de que alguns padecem os mencionaria um por um e agora mesmo.

Um estudioso como Nito Alves e outros se na verdade tivessem a intenção de se dar um golpe de estado se teria elaborado e obedecido á uma outra estratégia quero mesmo acreditar.

Prometo continuar ainda hoje para fazer outras revelações sobre o 27 de Maio se calhar ate agora nunca feitas , que levará centenas de anos para ser contada tim tim por tim tim...

Ou seja com todos os detalhes possíveis e não acredito que alguma se vez tal seja mesmo possível , dada a complexidade e muita coisa nos segredos dos diabos.

Fórum Livre Opinião & Justiça

Fernando Vumby

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: