Luanda - Oito pescadores de Angola estiveram desaparecidos em alto mar em maio, até serem resgatados pelas autoridades do Gabão, país onde permaneceram 45 dias, tendo regressado entretanto à província angolana de Cabinda, foi hoje divulgado.

Fonte: Lusa

Segundo um dos pescadores, o grupo saiu para a faina a 05 de maio, a 95 milhas da costa de Luanda, mas a embarcação em que seguiam avariou.

 

Manuel Cristóvão, que falava em declarações à Televisão Pública de Angola, disse que o barco foi arrastado pela corrente marítima e que, depois de cerca de uma semana, os pescadores foram resgatados pela marinha de guerra do Gabão.

 

O pescador frisou que durante o tempo que permaneceram em alto mar ficaram sem alimentos e água, mas sobreviveram "a ferver peixe com água salgada e a transformar água do mar em água doce".

 

O governador da província de Cabinda, Eugénio Laborinho, disse que estão a ser preparadas as condições para o regresso dos pescadores à sua zona de origem, Luanda, a capital do país.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: