Luanda - A Jefran, uma empresa de promoção imobiliária que a 3 de Junho viu a sua operação interrompida pelo Instituto Nacional de Defesa do Consumidor (INADEC), fez sair uma comunicado de imprensa reclamando que com a  nova interdição,  a empresa fica impedida de continuar  a  realizar trabalhos administrativos e sem acesso às suas contas bancarias.

Fonte: Club-k.net

"Apesar das inúmeras dificuldades econômicas e financeiras que enfrentamos , reiteramos o nosso desejo com o resultado que cada todos os nossos clientes de acordo com o resultado que cada renegociação vier a produzir, com toda a humildade e respeito por eles e pelas autoridades angolanas, a medida que já temos mais de 20% dos reclamantes da lista do INADEC e outros fora desta lista resolvidos directamente , e estamos a trabalhar para atingirmos os 100%", -le-se no comunicado de imprensa cuja integra se segue em anexo.

 

Loading...

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: