Benguela - Primacialmente profundos agradecimentos a onda de solidariedade pelos manifestantes do Lobito. Contudo é oportuno que façamos esclarecimentos.

Fonte: Club-k.net


1. Fomos contactados pela sociedade civil do Lobito (na pessoa do mano Prata), desde o primeiro momento (2.07.2019) da detenção dos manifestantes para representá-los. Portanto aceitamos sem reservas (às primeiras diligências foram feitas pelo meu ilustre Dr. Francisco Piana.

2. Após a condenação (05.07.2019) na pena de cinco meses de prisão substituída por multa condicionado a liberdade ao seu pagamento (pena estranha no nosso ordenamento jurídico). Porém, havia dificuldade para pagar e a sociedade civil abriu uma onda de solidariedade para angariar a respectiva quantia.

 

3. Entretanto, ligou-nos o ilustre Dr. David Mendes não pude atender na altura e quando retornei, identificámo-nos e pediu mais explicações do sucedido. Assim, demos-lhe toda informação sobretudo a questão da multa e das custas judiciais (ainda não tínhamos o quantitativo, pediu-nos para mandar por SMS tão logo tivéssemos).

 

4. Então, o ilustre Dr. David Mendes prometeu contactar determinadas pessoas em Luanda para aderirem à campanha de recolhas de valores. Em nenhum momento e até agora falou-nos que seria a UNITA nem tão pouco dos ilustres deputados Raúl Danda e Adalberto da Costa Júnior.

 

5. Inicialmente, fomos informados que seriam 67.000,00(Sessenta e Sete Mil Kwanzas) por cada manifestante, já tínhamos passado a informação deste valor. No entanto, quando foram passadas às respectivas guias o valor fixou-se 60.297,00 (Sessenta Mil e Duzentos e Noventa e Sete Kwanzas).

 

6. O ilustre Dr. David Mendes mais tarde recebeu às coordenadas bancárias da campanha da Associação Juvenil para solidariedade. Todavia, horas depois, pediu-nos que fornecêssemos às nossas coordenadas bancarias do BFA e assim o fizemos. Ontem (09.07.2019) às 14:10, ligou-nos a confirmar o depósito de 500.000,00 (Quinhentos Mil Kwanzas).Vide cópia do cheque.

 

7. Deslocamos imediatamente ao Banco e levantamos o respectivo valor. Contactamos o mano Prata e juntos fomos ao BPC, fizemos os pagamentos (pagamos seis e ao sétimo apenas devolvemos o dinheiro à família porquanto já tinha feito, total geral pago 422.079,00). Portanto fomos entregar os comprovativos ao Tribunal de Comarca de Lobito.

 

8. Entendeu o mano Prata que o saldo de 77.921,00, fosse retirado algum valor, (20.000,00) para a deslocação dos manos manifestantes tão logo fossem mandados em liberdade e o remanescente ficasse com a defesa por causa das despesas operacionais (deslocações, comunicações, combustíveis e outros que desde o primeiro momento foram suportados). No entanto são e nunca serão honorários.


9. Por conseguinte em nenhum momento enquanto advogados dos manifestantes recebemos documentos ou informação da parte do nosso interlocutor Dr. David Mendes de que o valor angariado/depositado fosse da UNITA ou dos seus ilustres deputados.


DOMINGOS CHIPILICA EDUARDO

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: