Londres - A estrela do futebol Angolano, Manucho Gonçalves, exigiu um pedido de desculpas por parte do treinador português da seleção Angolana, Manuel José que expulsou abruptamente o atacante Angolano do estagio que antecedeu o jogo com a equipa de Malta. O treinador da seleção angolana acusou Manucho de indisciplina, infantilidade e possuidor de um "ego elevado".


Fonte: angolanetradio.com

Nunca tive problemas com nenhum
 treinador nos clubes onde passei

Image"Manuel José nem falou comigo, não me dirigiu a palavra, não me deu tempo de nada, apenas mandou os adjuntos informarem-me que ele não me queria ver ali e eu teria de chamar alguém para me ir buscar ao centro de estagio para voltar para Espanha", afirmou Manucho, numa entrevista concedida a AngolaNetRadio. O jogador Angolano considera que a atitude do treinador Manuel José  não foi adequada.

 

"Essa não é forma de um treinador resolver os assuntos, ignorando-me e maltratando-me dessa forma". Manucho referiu ainda que os próprios jogadores ficaram surpreendidos com o comportamento de Manuel José, "Houve vários colegas que me ligaram a dizer que isso não são atitudes dignas de um treinador".

 

O atacante do Valladolid esta seriamente a considerar o seu futuro na selecção apos o afastamento, que ele considerou inadequado e infundado. "Não sei se voltarei a representar a selecção sob o comando de Manuel José, foram acusações muito serias e as pessoas esquecem-se que eu estou a viajar com passaporte angolano, sublinhou Manucho. "Eu é que tenho de tratar dos vistos e comprar os bilhetes de passagem sozinhos e isso resulta em atrasos".

 

O jogador referiu ainda desconhecer os verdadeiros motivos para o seu afastamento “Isto prova que Manuel José  tem algo contra mim pessoalmente, eu nunca tive problemas com nenhum treinador nos clubes onde passei, eu não fiz nada que justificasse ser dispensado como se fosse uma pessoa qualquer, sem conversa, sem comunicação, sem ser ouvido". 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: