Luanda - A UNITA é uma instituição pública, seus Estatutos estão no Tribunal Constitucional e são de domínio público. O Projecto de Sociedade mínimo da UNITA, já em marcha nesta altura, é o de consolidar o Estado Democrático de Direito e realizar o bem estar de todos angolanos. A materialização deste projecto de sociedade só será possível num verdadeiro ambiente democrático nacional pelo qual a UNITA tem estado a lutar desde a sua fundação.

Fonte: Club-k.net

A democracia que temos estado a praticar a nível nacional e a nível interno do nosso Partido tem regras que a conformam. Por exemplo, para que a representatividade seja efectiva, há que se falar sempre de maioria e não de minoria na legitimação dos órgãos por ser mais difícil de fabricar a fraude através da maioria, o que é apenas possível nos momentos de uso do poder da força para impor um sistema eleitoral e resultados manipulados.


Porque a legitimidade se sustenta com a fonte da maioria. Essa maioria vem do povo com direito de voto e não da minoria fabricada por processos que defendem interesses de grupo.


Outra regra é a de que o exercício da democracia não se consubstancia em falar apenas em maioria, significa fundamentalmente de cuidar da soberania que é do povo (Artigo 3o da Constituição).


Para Angola o povo são os seus cidadãos. Para os Partidos Políticos, o povo são os cidadãos nacionais que são a sua Base Social de Apoio e seus membros. Na eleição de um representante político nacional ou partidário, são os cidadãos ou todos os membros do partido com direito de voto que devem exercer este direito, porque nesta altura esses cidadãos e membros estão a terceirizar seus direitos que a legitimidade e a legalidade devem consagrar e homologar pela regra da maioria no universo dos detentores do direito de voto.


Em democracia ser eleito por menos de 30% do universo de eleitores estimula o questionamento da legitimidade do eleito. Na UNITA, o Presidente do Partido ao ser eleito por 2000 delegados em representação do universo de 2.000.000 de membros com direito de eleger é ter um Presidente eleito por 0.1% de eleitores da UNITA.

 

É eleger um Presidente com uma legitimidade com menos de 1% de eleitores com direito de eleger. Isso não é democracia quando os Estatutos do Partido dão a todos os seus membros direito de eleger e de ser eleito.

- OBRIGADO -

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: