Malanje - Diz o velho ditado: “a alegria do pobre dura pouco”.  Pelo menos, ao angolano, isso é uma verdade pura e cristalina. Todos que acompanham as notícias angolanas, que somos poucos, fomos supreendidos com o espantoso estupro à confiança praticado pelo governo dirigido pelo MPLA, ao inserir no novo Bilhete de identidade, um documento pessoal, a figura de dois presidentes nunca eleitos pelo povo, sem aprovação da Assembleia Nacional.

 

Fonte: Club-k


O B.I. não é documento de filiação ao MPLA
Desde quando que José eduardo dos Santos é herói nacional?

O governo do MPLA também me faz lembrar muito um adulto que encontra uma criança que fugiu de casa. Passa cinco semanas na rua e sofre todos tipos de maldade. O adulto, ao encontrá-la, em vez de dar proteção, faz mais o mal-criado com ela. Fazem muita confusão. Isso é fruto da velha confusão dos governantes em discernir o público do privado,  aquilo que pertence ao Estado angolano daquilo que pertence ao  partido (MPLA). Se essa mesma confusão estiver a acontecer com as finanças públicas, aquilo que ninguém de nós vê, pode estar a ocorrer um festival de promiscuidade. Ou seja, em vez do dinheiro ir parar nas contas da Sonangol, vai para o Banco do pai, do filho e do Espirito Santo.


O governo do MPLA me faz lembrar a cauda da lagartixa. Corta-se uma e surge no local outra causa com pensamento evoluído. Tudo que o povo esperava é que o novo B.I. aliviasse o fardo que também foi imposto pelo proprio governo no B.I. anterior, que era o de agrupar as pessoas pela cor e por exigir profissões das pessoas. Na verdade era uma forma de excluir pessoas, sabendo-se que Angola é um país essenciamente de camponeses, candongueiros  e puxa-sacos. Apenas os doutores, filiados aos comités de especializaão do MPLA, têm seus processos atendidos.

 

O governo do MPLA, que desrespeita o interesse coletivo e compromissos assumidos, é uma bebida alcoolica, que tem efeitos diferentes, de acordo com a dose que a pessoa tomar. Para as pessoas que não bebem dessa fonte, conseguem perceber todas as tramóias, os cambalachos e as negociatas que eles fazem. O efeito é grave àqueles que estão do outro extremo. Embebedam-se e só mais tarde se dão conta da cilada em que entraram. Isso depois que o efeito passar, vem a depressão. Não é por acaso que muitos encontram mortes súbitas e tromboses. Nos ultimos dias, muitos dos 82% das pessoas que votaram nos “camaradas” vêm se suicidando, talvez por frutação. Isso é pouco noticiado. Andando pelas ruas das grandes cidades a coisa mais comum é ver jovens com distúrbios mentais, a apanhar papéis. Tudo se deve às essas arbitrarriedades. Muitos se deram conta de que foram redondamente enganados.


O B.I. não é documento de filiação ao MPLA. Que prazer o MPLA tem em impor heróis do MPLA aos angolanos? Desde quando que José eduardo dos Santos é herói nacional? Desde quando que José Eduardo dos Santos é símbolo nacional? Aqui está  novamente a velha confusão. Símbolo é a palanca negra e Heroi é a Rainha Zinga Mbandi, Ekuikui II, Joaquim Kapango etc. E, também, é muito estranho que todos heróis que temos são àqueles ligados ao MPLA. Nenhum da FNLA, da UNITA nem podemos falar.


Ainda, o Presidente Eduardo dos Santos pode até gostar de tudo, menos do povo angolano. O Herói do MPLA não dá  entrevista aos meios de comunicação, não fala  para a nação, anda com seguranças até os dentes, mal mal consegue falar ao povo sem o papel a sua frente, só diz alguma coisa atípica na presença de algum chefe de estado para responder a pergunta de jornalista estrangeiro. Das poucas vezes que se arriscou a falar sem o papel, com excepção àquele discurso proferido em Cabinda, quando usou uma linguagem muito simples, as outras vezes afirmou que a “democracia não enche a barriga” “a democracia nos foi imposta”, “ninguém vive do salário” etc.


Que herói que tem medo do povo? Por exemplo: quando certo dia que  foi a Catete, a guarda presidencial estava estacionada no Dondo, lá no Kuanza Norte, há uma distância próxima a 100km. Nós Vindo de Malanje, ficamos lá  o dia todo parados até que Catete deu luz verde. Como pode ser herói ou símbolo? Ele é herói do Riquinho, que recebe dele um milhão de dólares, mesmo que parte se perca pelo caminha e só  lhe chegue metade do valor, com o favor de propor seu nome ao nobel da paz.


Curioso é que o MPLA manda e desmanda com a conivência dos deputados. Nenhum vem a público para abrir a boca, talvez com medo de serem “Mfulumpigados”.


O MPLA faz da democracia como um boneco de estimação. Dá  um passo para frente e dois atras. Verdadeiros “donos da bola”. O MPLA procura provocar o povo e arranjarem elementos para justificar a permanência do “todo poderoso” no poder.


Confesso-vos que tenho inveja do José Eduardo dos Santos. Na sua trajetoria militar, não encontrei nenhum registo de que tenha protaconizado uma batalha. Chegou jovem e pobre na presidência. O governo dele não faz absolutamente nada pelos pobres, apenas para os filhos, que todos fervorosamente repetem que são “empresários de sucesso”, amigos e puxa-sacos. Oprime o povo e ainda é heroi, a ponto de emprestar nome na Universidade do Huambo. Ainda o povo terá que carregá-lo nos B.I.s? Eu prefiria, além de ser cão holandês, carregar a palanca negra, pelo menos é um animal símbolo que nos respresenta dignamente.

Para terminar o meu desabafo. O fervor que os do MPLA têm pelo seu lider, a fidelidade canina, a começar pelo Lito Capitalista, que o forum da “Africamente” na decada de 90 nutria pelo seu lider, não duvido que daqui a pouco surja uma Igreja cujo deus é José Eduardo dos Santos, a semelhante da igreja cujo deus é Diego Armando Maradona.  Agora so falta o passaporte e a bandeira terem as figuras da dupla inseperavel e ainda nos obrigarem a ter uma foto na sala de nossas salas das casas, como fazia Saddan Hussein. Ê muito tortura silenciosa carregar símbolos do MPLA no bolso numa va tentativa de nos fazer convencer que eles são mais angolanos que todos nós. Ê muita pena que da Africa do sul só  cabularam o regime atipico. Esse é o verdadeiro B.I da anarquia.

 

-- Nota: Consulte --
* Últimos artigos/relacionados publicados: - Cara de JES no novo Bilhete de Identidade no Club-k



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: