Moçambique - O porto de Nacala, na província de Nampula, Moçambique, vai passar a contar com um moderno terminal graneleiro de cereais, um projecto a ser realizado pela empresa Mitrelli-Udoyen, uma parceria entre o Grupo Mitrelli e a empresa moçambicana Udoyen. O lançamento da primeira pedra deste importante empreendimento portuário terá lugar esta Sexta-feira, dia 26 de Julho, às 11h00 nas instalações do porto de Nacala.

Fonte: OnTimeAngola

Com a construção do terminal de cereais no porto de Nacala

A Construção do Terminal Mitrelli-Udoyen acontecerá em duas fases distintas. A primeira inclui o desenvolvimento de um terminal de cereais com uma capacidade dedescarga de 300 toneladas/hora, uma capacidade de armazenamento de 40,000 toneladas e instalações deembalagem.


A segunda fase, a desenvolver-se em torno do terceiro ano de operações, incluirá a construção de um terminal de fertilizantes a granel, adjacente ao terminal de cereais, e com capacidade semelhante. O terminal está a ser projectado para atender às necessidades do Corredor de Nacala, rico em recursos minerais e que se encontra em rápido desenvolvimento.


Para os investidores e responsáveis deste projecto, as novas infraestruturas, que estarão entre as mais modernas na região, e as vantagens naturais do porto de Nacala tornarão este terminal mais competitivo em relação a outros existentes na região e que não conseguem atender à crescente demanda do mercado. Espera-se igualmente que o terminal crie impacto social positivo e abrangente e melhore significativamente o bem-estar das populações naquela região.


Sobre o Porto de Nacala:

O Porto de Nacala, actualmente a ser alvo de melhoramentos que irão aumentar significativamente a sua capacidade, serve a região norte de Moçambique, bem como os países vizinhos sem saída para o mar, designadamente Malawi, Zâmbia e Zimbabué. Com cerca de 14 metros de profundidade, Nacala está entre os melhores portos naturais da África Oriental, podendo acomodar navios de até 60.000 toneladas de carga. A reabilitação actualmente em curso deverá aumentar o volume de carga movimentada de 2,2 milhões de toneladas anuais, em 2012, para 5,1 milhões por ano até 2020.


Actualmente, não existe um terminal dedicado a grãos e a carga a granel em Nacala, como aliás em todo o país. A construção do Terminal Mitrelli-Udoyen naquele porto irá contribuir para melhorar significativamente as exportações e importações que transitam através daquela estrutura portuária.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: