Luanda - O Serviço de Investigação Criminal (Sic) apresentou hoje (quinta-feira), em Luanda, dois cidadãos acusados de chantagearem uma mulher sob ameaça de divulgar imagens intimas desta a partir da pagina do facebook.

Fonte: Angop


Com as imagens intimas da mulher em sua posse, os homens exerciam vários tipos de chantagem e exigiam em troca do silêncio valores monetários no valor de 20 milhões de Kwanzas.

 

A situação levou a que a vítima fizesse a transferência bancaria parcial de quatro milhões e 800 mil de Kwanzas, facto que levou a identificação, localização e detenção dos autores.

 

De acordo com o SIC, os detidos, com 33 e 51anos, tinham residências na província de Cabinda e Ponta Negra, República do Congo,

 

O caso começou quando os acusados de crimes de chantagem e associação criminosa, munidos de telemóveis, criaram uma pagina no facebook com um perfil falso.

 

Segundo a polícia, neste perfil foram colocados as imagens da mulher com o nome ficticio de “ Monica Miguel”.

 

Por meio deste perfil, os homens obtinham os contactos telefônicos de dirigentes e empresários de sucesso, trocando mensagens e seguidamente enviavam as imagens intimas da mulher, pedindo as vítimas que também enviassem as suas.

 

A SIC apresentou, ainda, outros cinco cidadãos acusados de crimes de corrupção e extorsão de valores monetários aos utentes que recorriam aos vários serviços.

 

Tratam-se de dois homens pertencentes ao Serviço de Fiscalização e três técnicos de enfermagem, diagnostico e oficial administrativo principal de uma unidade hospitalar, repectivamente.

 

Todos foram detidos em flagrante delito.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: