Luanda - O comandante provincial da Policia nacional Quim Ribeiro foi notificado a comparecer no Tribunal na semana passada o que não veio acontecer, por se encontrar em gozo de férias no exterior do país, ficando assim adiada para o próximo dia 29 de Outubro, audiência, com o Comandante Provincial da Policia Nacional.


Fonte: Radio Ecclesia


O advogado Sérgio Raimundo diz que a convocação do Cmdte provincial da polícia nacional, Quim Ribeiro para depor no processo do caso frescura, pode ser de grande valia para o desfecho do massacre que ocorreu no ano passado (2008) supostamente, por agentes da polícia nacional, no município do Sambizanga.

 

Durante o julgamento, os sete agentes acusados afirmaram que foram torturados e obrigados assumir a autoria do crime.

 

A Ecclesia apresenta alguns factos do caso frescura, os depoimentos do Comandante Quim Ribeiro, quando apresentava à imprensa, no ano passado, os agentes que vitimaram os oitos jovens no município do Sambizanga.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: