Joanesburgo - Nelson Mandela desmentiu ter escrito o prefácio do livro autobiográfico do actual Presidente do Congo, Denis Sassou-Nguesso, Straight Speaking for Africa (Falar Claro em Nome de África).


Fonte: Diario de Noticias

Mandela diz que não escreveu prefácio
 do livro de líder do Congo
 

"Condenamos este abuso descarado do nome de Mandela e vamos tomar medidas", fez saber a Fundação Nelson Mandela, em comunicado citado pela BBC. A nota acrescenta que o antigo presidente da África do Sul e líder histórico da luta contra o apartheid "nunca leu o livro nem escreveu o prefácio para o mesmo".

 

O texto atribuído a Mandela enaltece o Chefe do Estado congolês "como um dos maiores líderes de África e um dos que trabalharam incansavelmente para libertar os povos oprimidos e restaurar a sua dignidade e esperança" .

 

A Amazon indicou que a versão inglesa do livro foi publicada no mês passado pela Red Sea Inc. Mas o primeiro editor é francês. Michel Lafon indicou que o prefácio foi entregue por Nguesso, mas não deu mais pormenores. Também o gabinete do líder congolês não fez comentários.

 

Sassou-Nguesso, de 65 anos, chegou ao poder em 1997 através de um golpe de Estado. Já Nelson Mandela, pelo contrário, foi o primeiro líder africano a abandonar o poder de forma voluntária.



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: