Luanda - O Comando Provincial de Benguela da Polícia Nacional comunica a opinião pública que, cerca das 00h30min do dia 16 de Setembro de 2019, tomou conhecimento da morte do cidadão que em vida respondia pelo nome de Adolfo Sukumula Kandjongo, de 36 anos de idade, residente antes da sua morte no bairro do Quioche, cidade de Benguela, por disparo de arma de fogo.

Fonte: PN

O facto ocorreu na lanchonete Pacas, defronte à Escola do PUNIV de Benguela, quando o autor do disparo, Agente da Polícia Nacional, que se encontrava de folga ao serviço, devidamente identificado e já detido, empunhou uma arma de fogo do tipo Pistola de marca Jericho, apreendida, por razões não determinadas, efectuou um disparo que lamentavelmente atingiu a vítima na região direita do tórax, tendo o projéctil saído no lado esquerdo, e que a caminho do Hospital Geral de Benguela acabou por perder a vida.


O Comando Provincial lamenta o sucedido, endereçando à família enlutada as mais sentidas condolências, realçando que o autor será responsabilizado disciplinar e criminalmente pelo facto, de forma exemplar.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: