Lisboa - O escritório de advogado RGT inicialmente fundado pelo Juiz Rui Ferreira, Juíza Guilhermina Prata e o acadêmico Teodoro Bastos alterou definitivamente a sua designação passando a chamar se, MSK – Associados – Sociedade de Advogados, RL.

*Paulo Alves
Fonte: Club-k.net

Lei proíbe juizes  de terem escritórios de advogados 

A firma “MSK – Associados” mantem-se na mesma sede (Rua Comandante Kwenha, 24/26),  em que durante estes anos funcionou a sua antecessora   RGT- Advogados. A sua liderança   é assegurada por  Ludmila Cristina Andrade de Sousa, antiga assessora de Rui Ferreira no Tribunal Constitucional, e advogada do mesmo no processo   de usurpação de fazenda (Carambola) a família Viegas, no Kwanza-Sul.

 

No passado mês de Agosto, fonte da Ordem dos Advogados de Angola (OAA) esclareceu que tiveram de encerrar a sociedade de advogados RG - Advogados e Associados por irregularidades na sua criação. Vários causídicos acusavam o escritório em causa de actos de promiscuidade associando-o a várias irregularidades que, na óptica dos mesmos, ferem a ética e a deontológia da advocacia, pois, utilizava o nome de Rui Ferreira, Presidente do Tribunal Supremo, e de Guilhermina Prata, actualmente vice-presidente e juíza conselheira do Tribunal Constitucional.

 


Esta semana, a Ordem de Advogados de Angola (OAA) realiza uma reunião na província do Namibe destinada a passar em revista a situação da justiça em Angola. Entretanto, uma corrente de advogados tem sugerido que se analise a questão de um grupo de escritórios de advogados que recentemente foram citados,  nas redes sócias,  como alegados   satélites da orbita  do  Presidente do Tribunal Supremo, Rui Constantino Ferreira.

 


De entre os escritórios   citados  foram sublinhados,  o escritório de Advogado “Leandro E. G. Ferreira – Advocacia e Consultoria”, pertencente a Leandro Emídio da Gama Ferreira, que foi contratado  por Rui Ferreira, para se tornar mandatário do Conselho Superior da Magistratura Judicial (CSMJ), órgão que por inerência de funções, tem como Presidente, o Juiz conselheiro do Tribunal Supremo. Foi igualmente citado, o escritório da secretaria de Estado, Laurinda Jacinto Prazeres Monteiro Cardoso, frequentemente mencionada em documentos como a advogada de Rui Ferreira nas parcerias em que estão os seus filhos com sócios libanês financiadores da rede terrorista  do Hezbolah. Por sua vez, o  escritório N-Advogados & CM Advogados baseada em Benguela, e que é dirigido pela ex-esposa, Maria da Conceição Aguiar Manita Ferreira não foi também colocado de parte.

Loading...

 

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: