Luena - As formações Políticas na oposição com assento no parlamento, sedeadas na província do Moxico, nomeadamente a UNITA, CASA-C, PRS e a FNLA, revelam que o Presidente da República, João Lourenço, foi enganado pelos dirigentes do Moxico.

Fonte: Correio do Moxico

De acordo com os políticos, João Lourenço, não ouviu o verdadeiro estado que se encontra a província do Moxico.

 

As referidas formações políticas teceram estas declarações durante uma conferência de imprensa, realizada nesta sexta-feira, na cidade do Lwena.

 

Os partidos políticos afirmaram que foram alvos de exclusão,no encontro de auscultação que a sociedade civil manteve com o Presidente da República, de modo a se escamotear algumas verdades.

 

“Nós entendemos que o senhor Presidente e os ministros foram enganados pelo governo da província do Moxico, daí a razão de excluir os partidos políticos nas intervenções na sessão dos membros do conselho de concertação social” afirmaram, numa nota lida pelo Secretário Provincial da Unita.

 

Os políticos acusaram o Primeiro Secretário do MPLA na província, Gonçalves Muandumba de supostamente ser o mentor da selecção e afastamento dos representantes dos Partidos políticos na oposição, no referido encontro.

 

“O senhor Governador acha que o único partido que lutou para a independência de Angola foi o MPLA” questionou o Político.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: