Washington - A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, a democrata Nancy Pelosi, anunciou nesta terça-feira a abertura de um processo que visa a destituição do Presidente, Donald Trump, noticiou a Lusa.

Fonte: Lusa

"Os actos do presidente até hoje violaram a Constituição", acusou a presidente da Câmara dos Representantes.

 

"Hoje, anuncio que a Câmara dos Representantes abre um inquérito oficial com vista a um processo de destituição", disse Pelosi.

 

Este procedimento tem, contudo, poucas possibilidades de levar à destituição do Trump, devido à maioria republicana no Senado, partido do Presidente norte-americano

 

A investigação vai centrar-se no eventual abuso de poder por parte de Trump, ao procurar ajuda de um governo estrangeiro para a sua reeleição, o que Pelosi já considerou "uma traição ao seu juramento de tomada de posse", acrescentando: "Ninguém está acima da lei".

 

Há muito que a presidente democrata da Câmara dos Representantes tem resistido a lançar um processo de destituição de Trump. Mas os democratas têm-se inclinado a favor da acção nos últimos dias, no seguimento de notícias de Trump ter pedido ao Presidente ucraniano que investigasse o seu rival democrata Joe Biden e o filho deste.

 

A decisão de Pelosi coloca o Partido Democrata no confronto mais consequente com Trump e injecta uma grande incerteza na corrida presidencial para a Casa Branca, em 2020.

 

Trump, que tem estado na sede da ONU, em Nova Iorque, considerou o inquérito uma "caça às bruxas" e previu que terminará de forma "positiva" para ele.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: