Luanda - O deputado e secretário provincial da UNITA no Huambo, Liberty Chiyaka, anunciou hoje a desistência da corrida à liderança do maior partido da oposição angolana, sem indicar se vai apoiar algum dos outros cinco candidatos.

Fonte: Lusa

Liberty Chiyaka, que tinha anunciado a intenção de se candidatar na semana passada, segundo uma notícia avançada na altura pelo Jornal de Angola, saudou o "espírito democrático" com que está a ser conduzido o processo para a liderança da União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA) e afirmou ter identificado "convergência" de pontos de vista.

 

"Conduzimos as nossas ações em função dos nossos princípios e valores e também em função da nossa missão e quando, identificamos espaços para a convergência de pontos de vista, podemos tomar decisões de prescindir de um propósito para juntarmos energias para um mesmo propósito", declarou.

 

"Estamos aqui para dizer que retiramos a nossa intenção de candidatura e estaremos aqui para contribuir para o engrandecimento do nosso partido", reforçou, garantindo "toda a lealdade" para com o presidente que vier a ser eleito.

 

O dirigente do partido do "Galo Negro" não quis adiantar, no entanto, se vai apoiar algum candidato.

 

"Com certeza que deverei apoiar", disse, salientando que só depois de aprovadas as candidaturas haverá "oportunidade" para identificar, entre as várias propostas, aquela que estiver "em consonância com a sua visão e os propósitos que defende para o partido".

 

Nos próximos quatro dias, a comissão de mandatos vai avaliar as candidaturas apresentadas e deverá anunciar os nomes elegíveis para suceder ao atual presidente, Isaías Samakuva, no dia 11 de outubro.

 

Depois de Adalberto da Costa Júnior e Alcides Sakala Simões, esperam-se hoje à tarde a formalização das candidaturas de José Pedro Catchiungo, Kamalata Numa e Raul Danda.

 

O novo líder vai ser eleito no próximo congresso da UNITA, que se realiza em Luanda, entre 13 e 15 de novembro.

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: