Luanda - Carlos Fuki e Abílio Montenegro, são funcionários do Tribunal Constitucional. Estiveram em missão de serviço no Tribunal Supremo durante um ano e cinco meses, para auxiliarem na dinamização que o órgão tanto carece.

Fonte: Club-k.net

"A empresa CLEAN tratava somente da limpeza das áreas externas"

As funções de Secretário Geral são conhecidas por todos. O Secretário Geral tem competência de coordenar e exercer a gestão administrativa, financeira, patrimonial e de recursos humanos do Tribunal Supremo. O “homem dos dinheiros”, penso, salvo entendimento contrário, é aquele que fabrica os dinheiros.

 

Com a chegada da nova direcção, não foi extinto nenhum vínculo jurídico com as empresas prestadoras de serviço que operavam no Tribunal Supremo. A empresa REALVITUR já prestava serviço ao Tribunal e continuou a prestar nos mesmos termos e condições, quanto mais se diga que os preços dos bilhetes de passagem são universais, conhecidos por todos e facilmente se consegue calcular a sobre-facturação dos mesmos, “convida-se”, caso o club-k tenha no seu esqueleto um técnico com valências para o efeito.

 

A empresa MERAP, durante o mandato de Carlos Fuki, nunca prestou qualquer serviço de controlo de sistemas informáticos do Tribunal Supremo, solicita-se ao assinante desta “notícia” que junte comprovativo de pagamento dos respetivos serviços e contrato de prestação de serviços com a citada empresa. Quanto aos serviços de limpeza são geridos pelo Tribunal Constitucional, órgão responsável pela limpeza e manutenção do edifício Palácio da Justiça. A mudança que se verificou foi a extensão destes serviços para os gabinetes.

 

A empresa CLEAN tratava somente da limpeza das áreas externas do Tribunal Supremo como: corredores, salas de reuniões e casas de banho, a limpeza da parte interna do Tribunal Supremo, composta pelos gabinetes e respectivos compartimentos era realizada por “pessoas com mais de 70 anos de idade e que trabalhavam a mais de 10 sem qualquer vínculo jurídico”. Esse pessoal foi afastado destas actividades por se considerar desumano e foram integradas no quadro de pessoal do Tribunal Supremo para poderem gozar as suas sonhadas reformas de forma legal e justa. A mudança que se verificou foi a de conferir dignidade aos funcionários deste órgão e implementar a reforma da justiça que há 4 anos foi aprovada.

 

Pede-se ainda que se faça a entrega da bendita residência sita em Portugal, atribuída ao Carlos Fuki. Aguarda-se com expectativa a entrega das chaves e endereço da residência. Estamos todos convidados para lá ir passar o Natal. O combate à Fake News é responsabilidade tua, minha e de toda a sociedade. Faça a sua parte! Leia os textos que revitalizem a sua mente, que a explorem positivamente, Partilha apenas a verdade!


Funcionários do Tribunal Supremo

Tema relacionado

Os "órfãos" do Dr Rui Ferreira no palácio da justiça – João Manuel

 



DEBATE NAS REDES SOCIAIS:




DEBATE NO ANÓNIMATO: